[Resenha] Palácio de Mentira – Erin Watt

download (1)

Título: Palácio de Mentiras
Autor(a): Erin Watt
Editora: Editora Essência
Páginas: 384
Ano de Publicação: 2018

 

De inimigos mortais a aliados improváveis, dois adolescentes tentam proteger tudo o que mais importa para eles. Ella Harper foi capaz de superar cada um dos obstáculos que surgiram em seu caminho. Forte e resiliente, ela está disposta a fazer o que for preciso para defender as pessoas que ama. Mas lidar com o retorno do pai desaparecido e com o namorado cuja vida está por um fio pode ser demais para a jovem.
Reed Royal tem um temperamento afiado e punhos ágeis. Mas sua habilidade para resolver problemas com violência já não é mais o bastante. Se ele quiser salvar a si mesmo e a sua garota, ele terá que superar o passado e sua reputação manchada.
Ella precisa ser forte para lidar com os Royal… isso se Reed não destruir sua própria família antes.

♥♥♥

Olá galerinha do meu coração!!! Vamos para mais uma resenha de um livro, que no caso é o último da série Princesa de Papel, em que choquei de tantas revelações e fortes emoções. Apesar de ter gostado muito da trilogia eu tenho algumas observações a fazer e principalmente nesse livro. Como vocês já sabem e já mencionei, esse é o último livro da trilogia, então temos o primeiro livro: Princesa de Papel, o seguido: Príncipe Partido e o terceiro: Twisted Palace (Palácio Torcido). Então, vamos entender do que se trata a história. Lembrando que para quem não leu os livros anteriores já mencionados, sugiro que não vejam essa resenha… ainda.

Bom, o livro assim, como o segundo (Príncipe Partido), começa exatamente onde o anterior termina. E nesse momento estamos em plena confusão, pois como se não bastasse Reed, nosso mocinho da história, estar sendo preso, acusado do assassinato de Brook (namorada do pai, Callum. Ela estava tentando chantagear Reed revelando o envolvimento dele com ela e a possibilidade dele ser o pai da criança que ela esperava), ainda recebemos o impacto da chegada do pai de Ella (nossa mocinha), que todos acreditavam estar morto.

WP_20180215_11_06_30_Raw
Foto de @cailessales

Então deu para perceber que todos quase surtaram com tantas emoções e principalmente, nós, os leitores. Com o decorrer da história na tentativa de exercer seu papel de pai, Steve, o pai de Ella, tenta impor sua autoridade afastando ela de Reed que a essa altura está em liberdade condicional até o julgamento, porém não existe um único mínimo indicio que prove a inocência do rapaz e para piorar o passado de bed boy de Reed, só prejudica cada vez mais sua situação e com isso, todos na escola, (aquela escola de riquinhos insuportáveis e sínicos) acabam se aproveitando da situação para perseguir e humilhar o chamando de assassino e outras provocações que nem mesmo eu que sou muito tranquila, ficaria furiosa, irada como o furacão catrina.

Ella tenta se mostrar companheira, presente, otimista. Mas diante das complicações da situação de Reed, da perseguição e controle do pai, a vida dos dois se torna muito difícil e o peso de um futuro incerto, se torna uma frustração e um desespero para todos, sem falar que existe um segredo que vai chocar mais ainda nós leitores, portanto para quem achava que o mistério seria só sobre o(a) verdadeiro(a) assassino(a) da loira malandra Brook, está redondamente enganada, aguardem mais revelações bombásticas. Então, só vocês lendo para ver se realmente é um final feliz ou triste ou uma espécie de continuação…. kkkkk

Como vocês perceberam a história é muito boa, existe uma trama muito bem alinhada. A família Royal acaba crescendo e com tudo isso acabam se apoiando um no outro e redescobrindo o verdadeiro sentido, valor e significado de família. Porém, existe alguns pontos que me deixaram um pouco desanimada. Uma coisa muito presente no livro e nos outros é o valor do poder aquisitivo é o que o dinheiro pode comprar, nesse livro, isso já não é tão valorizado já que vemos Reed prestes a perder sua liberdade, seus projetos de vida, se afastar da sua família, de Ella…. Então, existe uma valorização da vida em si e isso acabou sendo um ponto muito bom, porém percebi que os outros irmãos de Reed (Easton, Gideon e os gêmeos Sawyer e Sebastian) não tiveram muito envolvimento na história. E muita coisa poderiam ser exploradas neles, já que existia um mistério em torno deles também.

Percebi também que em uma boa parte do livro existe apenas uma exploração do desejo e envolvimento sexual dos personagens principais Reed e Ella. Deixando o livro um pouco vulgar girando em torno do sexo deles e deixando um pouco de lado os acontecimentos ali, que justamente poderia ser o espaço para a participação dos irmãos de Reed e crescimento pessoal deles, já que os irmãos Royal também tinham seus problemas e dilemas. Quem me conhece sabe que não me envolvo ou me interesso muito por livros que colocam esse tipo de tema como foco principal do livro, nada contra quem gosta, quem se envolve. Mas, eu sou assim, gosto de histórias que trazem significado, ensinamentos, boas risadas, emoções, suspense… esse lado não me chama muito atenção e a história, na minha opinião é claro, poderia ser melhor desenvolvida nesse ponto.

Mas claro, que gostei muito da trilogia, indico para quem quiser e gostar e fico aqui aguardando a opinião de vocês!!!! Um fortíssimo abraço e desejo tudo de bom e incrível para vocês. bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s